Bitcoin e Ouro – O que eles têm em comum?

Bitcoin e Ouro – O que eles têm em comum?

Mercado e Tendências
23 de agosto de 2019 por XDEX
80
O ouro é um metal precioso e umas das reservas de valor mais antigas do mundo. Já o Bitcoin é uma moeda virtual que foi lançada em 2009 e que não existe fisicamente. À primeira vista, parece impossível encontrar semelhanças entre os dois. Mas a história não é bem assim. Principalmente porque, assim como o
Banner bitcoin e outro

O ouro é um metal precioso e umas das reservas de valor mais antigas do mundo. Já o Bitcoin é uma moeda virtual que foi lançada em 2009 e que não existe fisicamente.

À primeira vista, parece impossível encontrar semelhanças entre os dois. Mas a história não é bem assim. Principalmente porque, assim como o ouro, o Bitcoin está sendo visto também como um ativo de proteção.

Essa situação ficou ainda mais evidente após o temor gerado nos mercados financeiros de todo o mundo por causa da guerra comercial entre China e Estados Unidos. Com essa tensão, investidores viram a necessidade de diversificar o portfólio buscando ativos considerados “porto seguro”.

Se antes, o ouro tinha um importante papel nesse cenário, agora o Bitcoin aparece como outra alternativa — e tudo indica que, no futuro, mais vantajosa.

Publicidade:

728x90 2 - Bitcoin e Ouro - O que eles têm em comum?

Prova disso é que na primeira semana de agosto, o Bitcoin teve uma valorização muito maior que a do ouro. O preço em dólar do ouro subiu 7% este mês, o do Bitcoin em 18%.

Quer entender melhor essa história? Então, vamos lá!

Neste texto você vai ler:

– Semelhanças entre o ouro e o Bitcoin

– Por que as criptomoedas estão sendo usadas como “porto seguro”

– Como diversificar o portfólio investindo em bitcoin e outras criptomoedas

– Como investir em Bitcoin

Semelhanças entre Bitcoin e ouro

Tanto o ouro e o Bitcoin existem em uma quantidade que é limitada. Enquanto o ouro segue sendo minerado a uma taxa de crescimento do estoque de 2% ao ano, o Bitcoin apresenta uma escassez crescente até atingir o limite máximo de 21 milhões de unidades ao redor do ano de 2140.

O ouro é considerado um tipo de proteção durante crises financeiras. Por ser um recurso natural e escasso, ele não sofre por excesso de oferta de mercado. Por outro lado, a sua demanda altamente estável e milenar contribui para que não sofra grandes oscilações de valor.

Por que as criptomoedas estão sendo usadas como “porto seguro”

Assim como o ouro, o Bitcoin tem uma quantidade limitada (como citamos acima). Ou seja, enquanto o Banco Central de algum país pode imprimir mais a sua moeda e, com isso, desvalorizá-la, isso não é possível de acontecer com o Bitcoin.

Além disso, se um banco quebrar, nada acontecerá com a moeda virtual porque ela não depende de intermediários financeiros.

Outro fator é que o Bitcoin não sofre com intervenções governamentais.

Por isso, ele é considerado um porto seguro para quem, em meio a crises, quer blindar o próprio patrimônio.

Como diversificar o portfólio investindo em bitcoin e outras criptomoedas

O Bitcoin é interessante para diversificar o portfólio porque ele não está correlacionado a outro ativo. Até por isso, é considerado como hedge (de proteção).

No entanto, é preciso entender que ele ainda está disponível em grande quantidade no mercado e, por isso, suscetível a oscilações. Dessa maneira, a criptomoeda deve ser encarada como um porto seguro, mas para o futuro.

“Sempre reforço que é o Bitcoin um ativo de proteção potencial”, reforça Fernando Ulrich, economista-chefe da XDEX.

O que os especialistas indicam é alocar no máximo 5% do portfólio em criptomoedas.

Como investir em bitcoin

Para investir em Bitcoin, os interessados devem recorrer a uma corretora de criptomoedas, que conecta pessoas que querem comprar e vender a moeda virtual. Esse é o caso da XDEX, do grupo XP, que permite um processo simples, seguro e rápido.

Na plataforma é possível comprar frações de bitcoins, o que não exige que o investidor desembolse um valor alto.

Conclusão

Assim como o ouro, o Bitcoin não sofre com as arbitrariedades dos bancos centrais e a desvalorização de moedas estatais. Por conta disso, é considerado um hedge em potencial.

Nesta briga entre os dois, enquanto o ouro se destaca por ser um ativo mais antigo, o Bitcoin desponta pela superioridade tecnológica, redução nos custos de transação e crescente utilidade.

Além disso, ao contrário do metal precioso, o Bitcoin não é apenas um ativo de proteção. Ele também pode ser enviado para qualquer pessoa, independente de localização geográfica, usado para carregar cartões, fazer pagamentos e comprar produtos. Sem contar os custos de transação que são muito inferiores.

Por esses motivos, ele é importante para a diversificação do portfólio — e possui mais vantagens que o ouro.

A XDEX do grupo XP, é uma plataforma de venda e compra de criptomoedas , indicada para quem está procurando uma maneira mais inteligente de alocar os investimentos. Se você quer comprar bitcoins e outras criptomoedas, abra a sua conta grátis na XDEX.

Adicionar um comentário