BTC, ETH, XRP…English Premier League?

BTC, ETH, XRP…English Premier League?

Mercado e Tendências
6 de janeiro de 2020 por Thiago Nakashima
381
O mundo das moedas digitais está repleto de siglas: BTC para bitcoin, ETH para ether, XRP para ripple… E a EPL, todos conhecem? A sigla EPL refere-se ao principal campeonato de futebol da Inglaterra, a English Premier League. E qual relação entre as moedas digitais e o campeonato da primeira divisão inglesa? Bom, a Premier
banner sobre a premier league e as criptomoedas

O mundo das moedas digitais está repleto de siglas: BTC para bitcoin, ETH para ether, XRP para ripple… E a EPL, todos conhecem?

A sigla EPL refere-se ao principal campeonato de futebol da Inglaterra, a English Premier League. E qual relação entre as moedas digitais e o campeonato da primeira divisão inglesa? Bom, a Premier League é a liga de futebol mais vista no mundo e com isso as marcas patrocinadoras tanto do evento como dos times possuem um alto tempo de exposição a nível global. O mercado das moedas digitais percebeu isso rapidamente com agressivos planos de marketing nos impecáveis estádios da Premier League. E não ficou apenas no marketing.

O primeiro grande clube inglês a fechar um acordo desse tipo foi o Arsenal FC (time londrino com muita tradição e que ostenta no currículo um campeonato inglês vencido de forma invicta) ao fechar acordo com a Cashbet no início de 2018. O patrocínio não incluía logomarca na camisa dos jogadores, mas desde então as placas de publicidade do Emirates Stadium (estádio do Arsenal) têm trazido publicidade sobre a plataforma da Cashbet. Na plataforma da Cashbet (https://cashbet.com/) você integra jogos de computador e tem a disposição uma estrutura pronta para utilização de crypto moedas como forma de monetização.

Em 2019 as marcas começaram a aparecer também nos uniformes dos jogadores. O Wolverhampton Wanderers (time médio que, apesar de ter voltado recentemente à primeira divisão, já levantou o principal troféu inglês por três vezes) tem a plataforma de negociação CoinDeal (https://coindeal.com/) estampada na manga do uniforme oficial e o Newcaslte United (considerado um dos maiores times de futebol da Inglaterra, apesar do último grande jogador ter sido o já aposentado atacante Alan Shearer) estampa em suas mangas a plataforma de negociação Stormgain, que já possui um link em português (https://stormgain.com/pt-br). E em setembro desse ano o anúncio de maior impacto: o Watford FC (time menor que oscila entre a elite e as divisões de acesso do futebol inglês) fechou contrato para estampar o famoso “B” do bitcoin em suas mangas.

Publicidade:

Banner Bitcoin Taxa Zero

Em um futuro próximo os torcedores dos times ingleses poderão comprar merchandise, ingressos para jogos, para eventos no clube… utilizando suas moedas digitais. O clube português Benfica FC foi pioneiro nesse tema ao utilizar a plataforma Utrust (https://utrust.com/) para o pagamento de qualquer produto no site do clube (https://www.slbenfica.pt/pt-pt/loja/produtos). E o grande sonho do setor é arrojado: concretizar as transferências entre jogadores utilizando não somente as plataformas como também moedas digitais. Não custa nada sonhar, certo?

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são de responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião da XDEX ou de seus controladores.

Sobre o Autor:

Thiago Nakashima – Economista formado pela PUC-SP, nascido em 1980, especializado em análise macroeconômica com grande experiência em fundos de investimentos multimercado e consultorias econômicas especializadas em aspectos regulatórios de defesa da concorrência. Seu enfoque acadêmico voltado para inovações Schumpeterianas e economia comportamental é fruto de suas raízes na engenharia (passagem pela POLI/USP) e na produção cultural (produtor de música eletrônica).

Adicionar um comentário