Cripto Semanal #12

Cripto Semanal #12

Institucional
28 de fevereiro de 2019 por XDEX
66
BTC atinge a máxima de 2019 Depois de uma semana com baixa volatilidade, o preço do bitcoin registrou forte alta no fim de semana, ultrapassando a máxima de 2019 e marcando um novo recorde para o ano ao redor de US$ 4.150. Os demais criptoativos acompanharam tanto a alta quanto a correção que ocorreu logo
Banner Cripto Semanal XDEX

BTC atinge a máxima de 2019

Depois de uma semana com baixa volatilidade, o preço do bitcoin registrou forte alta no fim de semana, ultrapassando a máxima de 2019 e marcando um novo recorde para o ano ao redor de US$ 4.150.

XDEX - Tabela de cotação da máxima de 2019 do bitcoin- 20190225

Os demais criptoativos acompanharam tanto a alta quanto a correção que ocorreu logo depois ao final de domingo, devolvendo os ganhos do fim de semana. 

XDEX - Tabela de cotação do bitcoin e outras criptomoedas - 20190225

Elon Musk mostra sua visão para as criptmoedas

“O papel-moeda vai desaparecer.” Quem fez essa afirmação foi ninguém menos que Elon Musk, numa entrevista ao podcast da ARK Investments. Respondendo a diversas perguntas sobre tecnologias em geral e criptomoedas em específico, Musk disse, “cripto é uma forma muito melhor de transferir valores do que pedaços de papel, isso é certo”.

Frequentemente enfatizo a questão intergeracional da tecnologia e como ela afeta a percepção de cada demografia da sociedade. A visão do fundador da Tesla Inc. pode não ser unanimidade entre sua faixa etária, mas certamente é compartilhada pelos chamados “millenials”, conforme corroborado por uma recente pesquisa da empresa eToro.

Publicidade:

728x90 2 - Cripto Semanal #12

Segundo o estudo, cerca de 43% dos millenials tem menos fé no mercado de ações que nos criptoativos. Se oferecida a alternativa por instituições tradicionais, 71% deste grupo investiria em criptoativos. 

Qual é o preço justo do bitcoin?

Mas se por um lado há crescente confiança na robustez e no futuro dos criptoativos, permanece a busca por metodologias de avaliação destes.

Sim, sabemos que não é possível adotar as fórmulas usuais de ações ou títulos de dívida porque criptoativos não têm rendimento, são mais análogos a commodities. Como diz o professor da NYU Aswath Damodaran, “o bitcoin não pode ser valorado (valued), mas pode ser precificado”. 

Então, qual seria o “preço” justo ou de equilíbrio? Algumas tentativas de aprimorar essa ciência foram lançadas na semana passada. 

“Delta cap” é uma nova métrica, concebida por David Puell da Adaptive Capital, para avaliar a diferença entre o “realized cap” (valor realizado, veja nosso relatório “Retrospectiva Cripto 2018” para maiores detalhes) e o “average cap” (valor de mercado médio, considerando toda a história do bitcoin).

O objetivo é tentar identificar potenciais “pisos” do mercado ou o início de uma nova alta. 

Com intuito semelhante, Tuur Demeester da Adamant Capital  introduziu três novos indicadores para medir o nível de entesouramento de detentores de bitcoin: um que procura medir o “sentimento de mercado”, outro que busca mostrar as trocas de posições entre os “hodlers” (poupadores de bitcoin), e um último sobre a “vivacidade da rede”.

Não explicaremos no detalhe cada uma, mas basta dizer que são mais algumas ferramentas pertinentes para mensurar o estado atual do mercado bem como perspectivas futuras.

E para facilitar a visualização e análise das diferentes metodologias, Willy Wool do site Woobull Charts congregou todas num único repositório. Vale a pena dar uma conferida. 

Lightning Network inova mais uma vez

Do lado da tecnologia, merece especial destaque, novamente, a Lightning Network (LN). Nesta semana que passou, o uso de um serviço muito bacana explodiu no twitter: o Tippin.me, uma espécie de gorjeta (tips) com satoshis (a menor denominação do bitcoin) que usa a LN como a infraestrutura subjacente. 

A ideia consiste em usar um extensão do Chrome para adicionar um ícone de “gorjetas” nos tweets dentro do Twitter.

O entusiasmo foi tanto que até o CEO do Twitter, Jack Dorsey, entrou na onda. Depois de algumas horas a empresa teve que pedir aos usuários para aguardarem “porque os servidores estavam já sobrecarregados”. 

Outro exemplo interessante — talvez simbólico, mas não menos importante — do potencial da LN foi o caso do menino de 9 anos que está aceitando pagamentos em bitcoin e com a LN na venda de desenhos seus. O objetivo do pequeno pioneiro é juntar fundos o suficiente para adquirir um Nintendo Switch. 

Considerações finais

Por fim, duas notícias nacionais. Primeiro, o anúncio pelo BTG Pactual do seu token lastreado em imóveis voltados a investidores estrangeiros interessados no mercado imobiliário brasileiro. 

Segundo, é com orgulho que compartilho um projeto sensacional desenvolvido pelo Edilson Osorio Jr., fundador da OriginalMy: o Hääl, um protocolo para votações em blockchains públicos. 

A ideia inédita do Edilson é alavancar a tecnologia para possibilitar um sistema eletrônico e anônimo de votações sem a dependência de terceiros de confiança. O objetivo é o óbvio: reduzir fraudes em votações, em sistemas eleitorais.

Como o protocolo acaba de ser lançado, ainda há muito para ser testado e aperfeiçoado. Mas é um passo fundamental para materializar um dos usos mais promissores dos blockchains públicos e trazer mais transparência e menos corrupção na democracia.

Uma boa semana a todos.

Se você perdeu o Cripto Semanal #11, confira aqui.

Fernando Ulrich,
Analista-Chefe da XDEX.
www.xdex.com.br

Adicionar um comentário