Cripto Semanal #13

Cripto Semanal #13

Institucional
6 de março de 2019 por XDEX
43
Uma semana relativamente estável para as principais criptomoedas As cotações das principais criptomoedas mantiveram-se relativamente estáveis, assim como a volatilidade, à exceção do dia 4 de março, quando houve uma queda seguida de recuperação. Presidente do Banco Central demonstra interesse em criptoativos No dia 26 de março, o novo presidente do Banco Central, Roberto Campos
Banner Cripto Semanal XDEX

Uma semana relativamente estável para as principais criptomoedas

As cotações das principais criptomoedas mantiveram-se relativamente estáveis, assim como a volatilidade, à exceção do dia 4 de março, quando houve uma queda seguida de recuperação.

XDEX - Tabela de cotação do bitcoin e outras criptomoedas - 20190306

Presidente do Banco Central demonstra interesse em criptoativos

No dia 26 de março, o novo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, foi sabatinado pelo Senado Federal. A notícia tem relevância para a indústria de criptoativos brasileira porque, de acordo com suas próprias palavras, Roberto tem “estudado a tecnologia de blockchain e os ativos digitais”.

A renovada na direção da autoridade monetária pode ser um prenúncio de uma abordagem mais positiva com relação à tecnologia aplicada ao mundo financeiro. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

Embora ainda estejamos no chamado bear market, ou pelo menos num momento de estabilidade e pouca euforia, o interesse pelos criptoativos permanece.

Publicidade:

728x90 2 - Cripto Semanal #13

“Uma classe de ativos legítima e sustentável no portfólio dos investidores”

Na área de private banking e wealth management, merece especial destaque a notícia do banco suíço Julius Baer adquirindo uma participação na startup SEBA Crypto AG. Para quem não sabe, o Julius Baer é uma das mais antigas e maiores instituições financeiras da Suíça.

Segundo o Peter Gerlach, head de mercados, “estamos convencidos de que os ativos digitais se tornarão uma classe de ativos legítima e sustentável no portfólio dos investidores.” Concordo integralmente.

Nas últimas duas cartas comentamos sobre a Lightning Network (LN) e o envolvimento do CEO do Twitter Jack Dorsey. Pois novamente Jack fez notícia ao tuitar de dentro do escritório da CasaHODL, empresa fornecedora de serviços de custódia, além de aparelhos para rodar o cliente do Bitcoin e da LN.

Ao que tudo indica, uma das principais redes sociais do planeta pode estar se aproximando de alguma integração com a tecnologia. Por ora, podemos apenas especular.

Facebook e a criação de sua própria criptomoeda

Mas a notícia mais importante de todas — a julgar pela quantidade de compartilhamentos e engajamentos nos mais variados meios — é a de que o Facebook estaria trabalhando intensamente (e com bastante discrição) na sua própria criptomoeda.

Sendo proprietária do Instagram e Whatsapp e contando com uma “população” de mais de 2,7 bilhões de pessoas, a “facecoin” poderia rapidamente ser adotada por um contingente inimaginável.

Além do Facebook, Telegram e Signal também estão estudando (ou já desenvolvendo) suas próprias criptos. As principais barreiras para essas empresas não é tanto tecnológica, mas sim regulatória.

Porque, enquanto mensagens de textos, compartilhamento de imagens, vídeos, etc., não sofrem nenhum tipo de restrição legal, o envio de dinheiro, seja para além das fronteiras, seja para alguém na mesma cidade, está repleto de barreiras e incumbências legais que fazem dessa empreitada algo não tão trivial.

Exatamente como Facebook, Telegram, e companhia lidarão com ou contornarão essa realidade, ainda há dúvidas. Por outro lado, não resta absolutamente nenhuma dúvida que entrar no mercado de pagamentos é a próxima fronteira a ser desbravada pelas gigantes das redes sociais.

Uma boa semana a todos.

Se você perdeu o Cripto Semanal #12, confira aqui.

Fernando Ulrich,
Analista-Chefe da XDEX.
www.xdex.com.br

Adicionar um comentário