Cripto Semanal #15

Cripto Semanal #15

Institucional
20 de março de 2019 por XDEX
13623
Semana de alta para os principais criptoativos Nesta semana que passou, praticamente todos os principais criptoativos apresentaram forte alta, liderados pelo Bitcoin Cash que registrou cerca de 25% de apreciação. Conheça o relatório feito pela Convex Research Algumas perguntas recorrentes que recebemos dos interessados nos ativos digitais são: Quando comprar? Quando vender? Quais principais criptoativos
Banner Cripto Semanal XDEX

Semana de alta para os principais criptoativos

Nesta semana que passou, praticamente todos os principais criptoativos apresentaram forte alta, liderados pelo Bitcoin Cash que registrou cerca de 25% de apreciação.

XDEX - Tabela de cotação do bitcoin e dos principais criptoativos - 20190318

Conheça o relatório feito pela Convex Research

Algumas perguntas recorrentes que recebemos dos interessados nos ativos digitais são: Quando comprar? Quando vender? Quais principais criptoativos vale a pena ter em carteira? Sem dúvida, são questões fundamentais. Por esse motivo, fizemos uma parceria com a Convex Research, do Richard Rytenband, para oferecer aos nossos clientes o relatório “Crypto Fragility Model”.

O racional por trás do relatório está em analisar as diversas variáveis do mercado para determinar os momentos oportunos de ter exposição a cada um dos ativos cobertos pela Convex (26 no total).

Aplicando os conceitos de antifragilidade de Nassim Taleb, o “Crypto Fragility Model” avalia o nível de “fragilidade” dos ativos para definir momentos de entrada e saída. Não se trata de método preditivo de preços, mas sim de uma ferramenta para gerenciar de forma correta a exposição aos criptoativos. 

Desde que iniciou em janeiro de 2018, a carteira recomendada teve um desempenho de 104% de ganho, enquanto apenas o preço do bitcoin caiu 74% no mesmo período. O relatório pode ser adquirido clicando neste link

Publicidade:

Banner Bitcoin Taxa Zero

Um ativo de proteção em potencial

Com frequência defino o bitcoin como o “ouro digital” e, assim como o metal milenar, o vejo como um ativo de proteção (em potencial, não ainda concretizado). Dentre os “gold bugs” (os chamados otimistas com o ouro) mais experientes, poucos demonstram interesse ou conhecimento sobre a tecnologia inventada por Satoshi Nakamoto. 

Por essa razão, é relevante a notícia de que Marc Faber — lendário investidor suíço de 73 anos e um defensor inveterado do ouro — comprou bitcoin pela primeira vez agora em março de 2019. Numa entrevista a um programa de TV suíço, Faber admite que “não há certeza, mas o bitcoin pode, sim, se tornar o padrão para transferência de dinheiro.” Times they are a-’changin’

CBOE não oferecerá mais contratos futuros de bitcoin

Apesar da semana de tendência de alta das criptos, uma notícia negativa repercutiu pelo ecossistema: a CBOE anunciou que não oferecerá mais contratos futuros de bitcoin a partir de junho.

A conclusão da indústria, contudo, é que se trata meramente de uma batalha de mercado perdida pela CBOE, já que a CME (concorrente direta) também conta com futuros de bitcoin e o volume por lá tem crescido e superado de longe o da CBOE. O mercado parece ter decidido pelo contrato melhor. 

A contradição do USD Tether

Outra notícia importante foi a atualização dos “Termos de Serviço” da Tether Limited. Normalmente, ignoramos as “letras miúdas” de sites e serviços em geral. Mas, no caso da Tether, esse é um assunto fundamental pois diz respeito à própria solvência da empresa que emite os tokens “USD Tether” (USDT).

Em síntese, a Tether esclareceu que suas “reservas”, aquelas que supostamente lastreiam todos os tokens emitidos, podem incluir “recebíveis de empréstimos a terceiros ou entidades afiliadas”. 

Ora, isso é o mais próximo de uma admissão de que a Tether emite (emitiu ou poderá emitir) tokens a crédito sem o devido lastro em dólares. Dado que a Bitfinex é empresa ligada à Tether, os novos termos de serviço deixam essa possibilidade em aberto, isto é, emissão de tokens para pagamento numa futura data.

Qual a consequência prática desse arranjo? A Tether pode estar criando liquidez capaz de influenciar sim o preço do bitcoin e demais ativos. Por enquanto, não há nenhuma certeza, resta apenas a preocupação.

Para encerrar, neste mês celebramos os 30 anos da web, a criação de Tim Berners-Lee. Vale a leitura do seu texto comemorativo em que enumera os maiores desafios da web para os próximos anos.

Uma boa semana a todos.

Se você perdeu o Cripto Semanal #14, confira aqui.

Fernando Ulrich,
Analista-Chefe da XDEX.
www.xdex.com.br

Adicionar um comentário