Cripto Semanal #34

Cripto Semanal #34

Institucional
31 de julho de 2019 por XDEX
91
A última semana no mercado de criptoativos foi relativamente estável. Sem maiores oscilações, níveis de volatilidade caíram, volumes globais também, e o valor de mercado manteve-se no patamar US$ 265 bilhões. Um marco importante que passou batido por este vos escreve foi o aniversário de cinco anos do Ethereum, cujo “crowdsale” (venda dos tokens) ocorreu
Banner Cripto Semanal XDEX

A última semana no mercado de criptoativos foi relativamente estável. Sem maiores oscilações, níveis de volatilidade caíram, volumes globais também, e o valor de mercado manteve-se no patamar US$ 265 bilhões.

Um marco importante que passou batido por este vos escreve foi o aniversário de cinco anos do Ethereum, cujo “crowdsale” (venda dos tokens) ocorreu no dia 22 de julho de 2014. À época, o termo Initial Coin Offering (ICO) nem sequer existia. O fenômeno que catapultou a rede em 2017/18 também deu início ao próprio protocolo criado por Vitalik Buterin.

Recomendo o artigo da ConsenSys, uma das principais empresas do ecossistema Ethereum, avaliando o estado da rede cinco anos após o seu lançamento. Chama atenção o engajamento, e a quantidade, da comunidade de desenvolvedores. Apesar da forte concorrência, a rede ainda é a preferida para aplicações descentralizadas, desde finanças até games e mercado de previsão.

31072019 300x175 - Cripto Semanal #34

Libra segue sendo assunto no Congresso Americano

No campo da regulação, a Libra segue repercutindo nos corredores do Congresso americano. Depois de duas audiência seguidas sobre o assunto, mais no Senado aconteceu nesta semana. Desta vez, para avaliar marcos regulatórios para moedas digitais e blockchain. Embora o foco fosse mais amplo, novamente o tema Libra também foi abordado.

Publicidade:

Banner Bitcoin Taxa Zero

Talvez a lição importante da audiência tenha sido a presença do CEO da Circle, Jeremy Allaire, cujo testemunho deixou claro para os congressistas americanos que, na ausência de clareza regulatória, os empreendedores do setor partirão para outras jurisdições mais amigáveis onde o risco jurídico seja bastante mitigado.

Circle segue seu plano de expansão global

A Circle, que conta com investidores de peso como o banco Goldman Sachs, ainda mantém sua base nos EUA, mas no dia 23 de julho anunciou o início de uma operação em Bermuda para poder colocar em marcha seu plano de expansão global. Como Allaire afirmou, “o dinheiro digital se moverá sem fricção por todos os lugares do mundo na velocidade da internet”, e o atual ambiente regulatório dos EUA está impedindo que empreendedores se aproveitem desse mercado em solo americano.

Reunião do FED e o corte de juros

Examinando o cenário macroeconômico, possivelmente o evento mais esperado do ano ocorrerá na tarde de hoje, quando o Federal Reserve anunciar o tão aguardado corte de juros. Será a primeira redução desde a crise de 2008, seguindo a onda global de afrouxamento monetário. Atualmente, as principais autoridades monetárias estão ou reduzindo a taxa de juros ou mantendo-a inalterada. Praticamente nenhum BC está num ciclo de alta.

Por essa perspectiva, num ambiente de expansão monetária, criação de liquidez pelos Bancos Centrais, ativos com um alto nível de estoque-para-fluxo como ouro e, claro, bitcoin, tendem a se beneficiar. Como costumo dizer, não há teto para o bitcoin pois não há piso para o dólar.

Uma boa semana a todos,
Fernando Ulrich.

Adicionar um comentário