Cripto Semanal #40

Cripto Semanal #40

Institucional
11 de setembro de 2019 por XDEX
37
Nos últimos sete dias, o preço do bitcoin sofreu leve queda, bem como de vários criptoativos. Em termos globais, o valor de mercado situa-se ao redor de US$ 265 bilhões e o índice de dominância do BTC manteve-se próximos dos 70%. Em semana de relativa estabilidade no mercado de criptos, houve inúmeras notícias dignas de
Banner Cripto Semanal XDEX

Nos últimos sete dias, o preço do bitcoin sofreu leve queda, bem como de vários criptoativos. Em termos globais, o valor de mercado situa-se ao redor de US$ 265 bilhões e o índice de dominância do BTC manteve-se próximos dos 70%.

Em semana de relativa estabilidade no mercado de criptos, houve inúmeras notícias dignas de menção e comentários, a começar pela fala de uma executiva da Apple — já que estamos em semana de lançamento de iPhones — dizendo que “criptoativos têm potencial de longo prazo.”.

20190910 Tabela - Cripto Semanal #40

ETF de Bitcoin cada vez mais perto.

Do estado de Nova York, o chairman da SEC (a CVM americana) Jay Clayton afirmou em entrevista à rede CNBC que o ETF de bitcoin está mais perto de ser aprovado, mas ainda há trabalho a ser feito. Em especial no que tange às particularidades de custódia dos criptoativos. Por ora, permanecemos sem um prazo definido.

Novas stablecoins no mercado.

Ainda no mesmo estado, o Departamento de Serviços Financeiros de Nova York anunciou a aprovação de dois criptoativos lastreados em ouro e dólar, o “PAX Gold” e o “BUSD”, esta última sendo uma stablecoin emitida pela exchange Binance em parceria com a Paxos Trust Company. Mais uma cripto lastreada no dólar para competir nesse nicho ainda dominado pela USD Tether com mais de US$ 4 bilhões em circulação. A segunda colocada, USD Coin, conta com uma emissão de US$ 438 milhões no momento.

Publicidade:

728x90 2 - Cripto Semanal #40

No campo das criptos emitidas por Bancos Centrais, ao que tudo indica, o People’s Bank of China (o BC de lá) deve sair na liderança. Segundo uma fonte confidenciou ao site Coindesk, há um time dedicado desenvolvendo a cripto do PBoC e comprometido a lançá-la no mercado antes da Libra. Em tese, isso ocorreria no começo de 2020. Como toda informação que provém da China, é sempre bom dar um desconto. Rumores já foram publicados no passado recente prevendo o lançamento teste já para novembro agora. Aguardemos.

Aproveitando o ensejo, novas informações sobre a cesta de reserva da Libra emergiram nesta semana. De acordo com uma reportagem da Bloomberg, o dólar de singapura também poderá compor as reservas da Libra. Ainda não há, contudo, nenhuma confirmação sobre a vedação do yuan chinês como moeda elegível à cesta, algo que os senadores americanos gostariam

Mas deixemos as notícias do dia a dia para abordar essa indústria sob uma perspectiva de mais longo prazo.

Alguns pensamentos sobre crypto.

Comecemos pelo breve artigo publicado por Fred Wilson co-fundador da Union Square Ventures e um grande entusiasta e investidor no mercado de criptos e blockchain. Sob o título de “Some thoughts on crypto” (alguns pensamentos sobre crypto), Wilson reflete sobre a possibilidade de o bitcoin ser único criptoativo que realmente encontrou um mercado genuíno. Sobre o Ethereum, Wilson expressou certo descontentamento, ou como ele mesmo diz, “o Ethereum me deixa confuso.” A mensagem em síntese é: “estamos num momento ainda de pouca adoção, talvez decepcionante, mas ainda é apenas o começo dessa tecnologia.” Vale ler o post na íntegra.

Já uma visão mais pessimista, ou realista (depende de cada um), seja a do editor da Bloomberg, Joe Weisenthal. Num editorial do dia 3 de setembro, Weisenthal escreveu que o bitcoin jamais será um meio de troca global nem muito menos unidade de conta. Isso é sonho de verão dos entusiastas, afirma o autor. Eis aqui o tuíte do próprio Weisenthal.

A Revolução pacífica do bitcoin.

Por fim, recomendo dois artigos mais longos, mas com perspectivas bem originais e instigantes sobre as consequências da “revolução pacífica do bitcoin”. O primeiro de Felipe Sant’ana da Paradigma Capital, “Pax Bitcoiniana” e, o segundo, de Nic Carter da Coinmetrics, intitulado “A most peaceful revolution.”

Ah, não deixe de conferir também o videoclipe de rap entre “Alexander Hamilton e Satoshi Nakamoto”. O primeiro é o considerado o pai dos bancos centrais, o segundo, dos “bancos descentrais”. Vale umas boas risadas. Quem quiser entender o porquê de criar tal vídeo, recomendo o artigo do próprio financiador, Reid Hoffman.

Antes de me despedir, aviso aos leitores que este que vos escreve estará na Baltic Honeybadger Conference 2019 em Riga, Letônia. O evento reunirá vários dos principais nomes do mundo bitcoin como Adam Back, Jimmy Song, Peter Todd, Jameson Lopp. Prometo trazer todas as novidades na próxima carta.

Caso tenha perdido alguma carta semanal, clique aqui.

Uma boa semana a todos,
Fernando Ulrich.

Adicionar um comentário