Cripto Semanal #60

Cripto Semanal #60

Institucional
29 de janeiro de 2020 por XDEX
317
O Bitcoin retomou seu movimento de alta após dez dias e superou a casa dos US$ 9.000,00, acumulando 24% de valorização em 2020. Na XDEX, a criptomoeda chegou a R$ 38.000.00. Coinbase e Ripple divulgam um plano diretor para impulsionar a adoção de criptografia nos EUA Executivos da Coinbase e Ripple estão liderando um impulso
Banner Cripto Semanal XDEX

O Bitcoin retomou seu movimento de alta após dez dias e superou a casa dos US$ 9.000,00, acumulando 24% de valorização em 2020. Na XDEX, a criptomoeda chegou a R$ 38.000.00.

20200128 Tabela 1 - Cripto Semanal #60

Coinbase e Ripple divulgam um plano diretor para impulsionar a adoção de criptografia nos EUA

Executivos da Coinbase e Ripple estão liderando um impulso por regulamentações inteligentes e transparência na esfera de criptomoedas que indiscutivelmente impulsionariam a adoção e levaria a tecnologia blockchain para o mainstream.

A diretora sênior da Exchange e consultora geral associada Rachel Nelson, em conjunto com a diretora de mercados institucionais globais da Ripple, Breanne Madigan, disseram:

“Para melhorar a integridade do mercado e proporcionar aos consumidores a confiança que eles merecem, o Congresso pode precisar promulgar uma legislação para apoiar o funcionamento ordenado e seguro dos mercados de criptomoedas”.

Publicidade:

Banner Bitcoin Taxa Zero

Projetando regulamentos mais amplos, eles acrescentaram: “Essa legislação poderia expandir a autoridade da Comissão de Comércio de Futuros de Commodities (CFTC) para incluir a regulamentação e supervisão dos mercados de troca de mercadorias digitais”.

Os executivos argumentam que uma estrutura reguladora reforçaria a integridade do mercado e incentivaria a adoção de criptomoedas pelos consumidores.

Tether lançou uma stablecoin apoiada em ouro que será negociada na Bitfinex

Cada novo Token representa a propriedade de uma onça troy (equivalente a 31,103 gramas) de ouro físico.

A empresa anunciou que o ouro é mantido em um cofre na Suíça. O produto está disponível como um token ERC-20 na blockchain Ethereum, bem como um token TRC-20 na Tron.

A empresa já possuía planos para lançar um token lastreado em uma commodity, mas o lançamento acabou sendo mais tardio devido ao episódio de irresponsabilidades da empresa em relação a auditoria de suas reservas em dólar.

Recentemente, um processo de ação coletiva acusou a empresa de manipulação do mercado em 2017. Existem rumores no mercado que dizem que as reservas Tether também foram usadas para cobrir um déficit de liquidez.

A Libra do Facebook pressionou o mundo a reconsiderar o dólar como moeda de reserva global

Nas montanhas de Davos, no Fórum econômico Mundial, líderes mundiais reconheceram que a Libra já desempenhou um papel global de repensar o dólar como referência de moeda global.

Na ocasião, o ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes, disse que novas tecnologias como blockchain estão abrindo caminho para que as moedas futuras sejam digitais. Outros, como o economista-chefe do Fundo Monetário Internacional, Gita Gopinath, alertaram que o dólar ainda permanece atrativo porque “fornece a melhor estabilidade e segurança”. David Marcus, chefe da carteira Calibra do Facebook, estava falando em outro painel do Fórum. Ele questionou se os CBDCs (sigla em inglês para Moedas Digitais de Banco Central) “atacadistas” resolveriam qualquer problema da economia global e argumentou que uma abordagem focada no varejo é a melhor maneira de lidar com uma situação “inaceitável”, a qual 1,7 bilhão de pessoas estão sem banco e outros 1 bilhão são carentes.

CBDCs ganharam destaque durante o Fórum de Davos

Os CBDCs (sigla em inglês para Moedas Digitais de Banco Central) foram discutidos relacionando-a a criação de moedas digitais por órgãos centrais. Durante o evento, foi apresentado no debate um kit de ferramentas que auxilia governos centrais a analisar se a implantação de uma CBDC é vantajosa ou não para sua situação corrente e, dessa forma, orienta a como desenhar essa moeda.

No fórum, além da Libra, o Ethereum também apresentou as vantagens da construção da CBDC em sua plataforma. A Consensys produziu um documento que analisa essa viabilidade utilizando Ethereum.

O CEO da ConsenSys e cofundador do Ethereum Joseph Lubin destacaram:

“Usando uma blockchain autorizada, os bancos centrais manteriam o controle sobre a integração e a distribuição do CBDC aos intermediários que escolherem e, portanto, manteriam a supervisão e o controle, permitindo que atuassem como guardiões do ecossistema sem precisar fornecer ou gerenciar os próprios serviços”.

“O Ethereum também pode lidar facilmente com os requisitos de privacidade e confidencialidade de uma CBDC, por meio de uma mistura de contratos inteligentes públicos e privados, complementados por técnicas criptográficas”.

Resumo de tendências de recursos humanos no setor de ativos digitais – dezembro de 2019

 

  • A Blockchain Association relatou que 85% dos +20.000 profissionais do setor de ativos digitais são empregados por exchanges, empresas de desenvolvimento ou empresas de mineração
  • Quase 46% dos empregadores das empresas com mais de 100 funcionários são Exchanges
  • Os maiores empregadores são Huobi, Coinbase, OKEx, Bitmain, ConsenSys e Kraken
  • 67% dos maiores empregadores estão domiciliados fora dos EUA.
  • 38% dos projetos que lançaram uma venda de token em 2019 foram baseados em Cingapura
  • As listagens de empregos da indústria exclusivas para os EUA cresceram +93%, em comparação com o crescimento de +37% nas listagens de empregos no resto do mundo
  • As 37 empresas que lançaram tokens levantaram +USD$ 160 milhões de investidores, dos quais muitos eram de varejo
  • O espaço de ativos digitais tinha um mercado negociado ativamente com USD$ 700 bilhões em volume negociado em 2019
  • As cinco maiores redes de criptomoedas por valor de mercado liquidaram USD$ 950 bilhões em 2019
  • Das startups que lançaram uma venda de token em 2019, 14% estavam baseadas nos EUA, enquanto 38% das empresas estavam domiciliadas em Cingapura
  • Quase 50% das empresas que investem no setor de ativos digitais e blockchain têm escritórios nos EUA e aproximadamente 18% das empresas têm escritórios nas regiões da Ásia-Pacífico
  • USD$ 6,7 bilhões foram investidos no setor nos últimos 7 anos, de 2013 a 2019
  • Enquanto o financiamento total de Venture Capital caiu -60% de 2018 a 2019, a taxa de crescimento anual composta de 5 anos é de +24%
  • O capital médio investido em 2019 atingiu uma alta histórica de quase USD$ 3,2 milhões, acima dos USD$ 2,9 milhões em 2018
  • 91% das empresas acreditam que regulamentações e diretrizes pouco claras nos EUA sobre a operação de negócios de ativos digitais e blockchain são barreiras à entrada e desejam clareza regulatória dos formuladores de políticas dos EUA
  • 43% disseram que a incerteza regulatória impõe custos legais onerosos às suas operações

O IPO da Ripple é necessário, ou desnecessário?

O CEO da empresa, Brad Garlinghouse, sugeriu na semana passada que uma abertura de capital pode ocorrer dentro do próximo ano.

Entretanto, também citou: IPO faz sentido em algum momento”, mas só ocorrerá quando a Ripple “tiver a maturidade gerencial, a infraestrutura e a capacidade de prever adequadamente”.

Está a Ripple perto disso? Qual a análise feita pelos especialistas do mercado? Leia aqui o artigo para saber mais.

Caso tenha perdido alguma carta semanal, clique aqui.

Invista em bitcoins com segurança, facilidade e taxa ZERO: abra uma conta gratuita na XDEX

Boa semana a todos,
Equipe XDEX.

 

Adicionar um comentário