Criptomoedas em série: Ripple

Criptomoedas em série: Ripple

Tecnologia
5 de janeiro de 2019 por XDEX
37
O XRP é um ativo digital que teve grande destaque no final de 2017 ao anunciar parcerias com grandes bancos internacionais. A criptomoeda conhecida como Ripple tem o objetivo de ser uma forma de pagamentos voltada para uso institucional, ajudando bancos e outras instituições financeiras com pagamentos e remessas internacionais com mais liquidez, mais agilidade
Banner Criptomoedas em Série: Ripple

O XRP é um ativo digital que teve grande destaque no final de 2017 ao anunciar parcerias com grandes bancos internacionais.

A criptomoeda conhecida como Ripple tem o objetivo de ser uma forma de pagamentos voltada para uso institucional, ajudando bancos e outras instituições financeiras com pagamentos e remessas internacionais com mais liquidez, mais agilidade e menos custos.

O sistema da Ripple foi fundado originalmente em 2004, e em 2012 foi comprado e totalmente reformulado para o modelo que conhecemos hoje.

A tecnologia utilizada é baseada em Blockchain e tem a intenção de ser global e descentralizada, apesar da maior parte de sua liquidez estar nas mãos de pouquíssimas carteiras.

Publicidade:

728x90 2 - Criptomoedas em série: Ripple

Desde o início de 2013, quando a XRP chegou ao mercado, a moeda acumula uma valorização de aproximadamente 38.000%, mesmo após o atual período de baixa do mercado.

Na prática, a moeda XRP está sendo utilizado no sistema de pagamentos xRapid, que é o principal produto que a empresa Ripple vende para os seus clientes.

Uma parceria com diversas corretoras de criptomoedas provê “liquidez instantânea” ao XRP, fazendo assim com que a plataforma xRapid consiga fornecer a vantagem prometida: Liquidez com baixo custo.

Outros serviços que a empresa Ripple possui:

Além do xRapid, a empresa Ripple possui outros dois produtos em desenvolvimento: xCurrent e xVia:

O primeiro sendo uma espécie de modernização do sistema SWIFT, que permitirá instituições financeiras ao redor do mundo realizarem transferências internacionais com mais agilidade e menos custos, e o segundo para os mesmos fins, porém voltado para pessoa física.

É interessante notarmos que na Ripple não há mineração. Todo o montante de moedas que irá existir foi criado de uma vez, 100 bilhões de Tokens, e essa grande quantidade combinada com liquidez e um sistema apropriado promete entregar ao menos 1.500 transações por segundo, e continuar escalando até que alcance números como os das grandes intermediadoras de pagamento globais, como a Visa, que é capaz de fazer mais de 50.000 transações por segundo.

O sistema tradicional de liquidação de pagamentos entre fronteiras, ou seja, entre instituições financeiras de diferentes países, é lento e burocrático, leva de 3 a 5 dias para finalizar as transações. E por isso a tecnologia da Ripple sem dúvidas é muito promissora.

Gostou do artigo? Vem aí novidades na plataforma da XDEX, fique ligado! Também criamos artigos explicando mais sobre as criptomoedas Dash (DASH)Bitcoin Cash (BCH) e Litecoin (LTC). Confira agora!

Adicionar um comentário